Publisher Theme
I’m a gamer, always have been.

- Advertisement -

10 Jogos que decepcionaram no lançamento

0

- Advertisement -

Ao longo dos anos o mercado dos games tem se tornado algo cada vez maior, as empresas passaram a investir cada vez mais no marketing e muitas dessas propagandas criam bastante hype entre os gamers.

Isso acontece muitas vezes por conta de promessas, muitas empresas acabam prometendo algo e não cumprem desde coisas como gráficos , ou uma historia ótima, viagens pelo espaço, algo inovador que no fim não lá essas coisas dentre varias outras.

Antes de começar eu gostaria de avisar que um game decepcionante não é necessariamente um game ruim, mas sim que ele não cumpriu com as expectativas.

watch Dogs

Watch Dogs - Standard Edition

Quando esse jogo foi anunciado ele causou um hype absurdo nos gamers, seus trailers prometiam gráficos a frente do seu tempo, uma otima jogabilidade, alem da Ubisoft na época ter sido uma das poucas empresas a ter cutucado a Rockstar Games.

Apesar desse jogo ser divertido, ele acabou pecando em vários aspectos como os gráficos que eram algo bem abaixo do que foi mostrado nos trailers, mas ainda sim são bem bonitos. Sua física em certos momentos era bem tosca, alguns efeitos de iluminação também eram abaixo do esperado dentre outras coisas como alguns bugs que se tratando a dona Ubisoft é algo normal.

Anthem

VGA's All The Video World Premieres in One Place |

Quando a Bioware, produtora da série Mass Effect, anunciou um jogo novo, as expectativas foram jogadas no teto, ainda mais por seguir a linha de exploração espacial, a qual se consagrou.

A promessa de que o jogo iria levar os jogadores para explorar locais perigosos em um traje que parecia ter saído da coleção do Homem de Ferro, dando liberdade de vôo e equipamentos de última geração, deixou diversas pessoas ansiosas. Inicialmente, o jogo seria chamado de Beyond quando foi anunciado em 2012.

Na conferência da E3, de 2017, o jogo recebeu o nome de Anthem e com uma gameplay interessante. 2 anos depois, o jogo foi lançado e nem tudo era o que parecia.

Em seu lançamento, a obra contava com diversos bugs graves, inclusive um que tornava o jogo impossível de ser jogado no PS4. Como se isso não bastasse, o jogo contava com uma história rasa e com pouquíssima coisa para se fazer.

Muitos jogadores o apelidaram de uma demo VIP de tão vazio que o jogo era em termos de conteúdo. Pessoas envolvidas em seu desenvolvimento alegaram que houve diversos problemas de indecisão e incompetência dos responsáveis pelo projeto.

Assassin’s Creed Unity

Assassin's Creed Unity - Assassin's Creed Unity

Assassin’s Creed: Unity era um dos games mais esperados de 2014. Durante a produção, o título apresentava uma Paris com gráficos deslumbrantes e personagens carismáticos. Contudo, os problemas de Unity começaram antes mesmo do lançamento.

O primeiro foi o downgrade – ato de alterar a tecnologia utilizada em algum software, preferindo uma inferior – que afetou os gráficos. As primeiras apresentações do título mostravam imagens impressionantes, mas que logo foram alteradas e entregaram um resultado medíocre, além dos bugs que tornavam a experiencia horrível já que era praticamente impossível jogar sem passar raiva.

Star Wars: The Force Unleashed II

Star Wars® The Force Unleashed ™ II | Wii | Jogos | Nintendo

Star Wars: The Force Unleashed foi bem recebido pela crítica. Diferentemente de muitos outros títulos da franquia, nele você controlava o anti-herói Starkiller, que possui um grande domínio sobre a Força e que a utiliza em combates e interações. A continuação era esperada pelos fãs como um aprimoramento do antecessor, com gráficos melhores e uma boa história.

Porém, isso não aconteceu. Com recepção e crítica pior que o primeiro título, Star Wars: The Force Unleashed II não apresentava enredo cativante e era carregado de combates repetitivos. Trazendo mais do mesmo, o jogo não explorou o potencial que tinha.

Jump Force

Análise Arkade - Jump Force: potencial desperdiçado, fan service e (muitos)  loadings - Arkade | Arkade

Com tantos jogos bons baseados em desenhos japoneses famosos, fica impossível recomendar “Jump Force”. Visuais passam no teste de qualidade, mas o resto é um desastre. Animações horríveis e jogabilidade pavorosa acabaram por minar algo que poderia vir a ser um ótimo jogo com personagens dos mais diversos mangás.

- Advertisement -

No Man’s Sky

Atualização de No Man's Sky disponibiliza Mechas para pilotar; veja vídeo |  Observatório de Games

Nos dias atuais, após dezenas de atualizações, No Man’s Sky pode ser considerado um bom jogo, com atividades interessantes, mas quando lançado (2016) decepcionou muita gente. O título da Hello Games prometia revolucionar algumas das mecânicas de exploração, com planetas “infinitos” e diversidade….o resultado ficou um pouco distante.

Ghost Recon Breakpoint

Tom Clancy's Ghost Recon Breakpoint

A decepção com Ghost Recon Breakpoint foi tão grande que até a Ubisoft admitiu seu descontentamento com o game. Antes de sua estreia, o jogo parecia ter pego a fórmula de sucesso do seu antecessor, Wildlands, e melhorando-a com novas técnicas de sobrevivência.

Porém, o que os jogadores tiveram em mãos foi um jogo idêntico ao primeiro, com uma história pouco interessante, otimização mal feita e bugs atrás de bugs. As microtransações também atraíram a fúria da comunidade.

Resident Evil 3

Comprar Pacote de Roupas Clássicas - Microsoft Store pt-BR

Depois da remasterização do remake de Resident Evil do GameCube e do remake completo de Resident Evil 2, os fãs da franquia estavam super animados para conferir a nova versão do terceiro jogo da série.

No fim, mesmo que tenha muitos pontos positivos, o remake de Resident Evil 3 parece ter decepcionado seus fãs mais do que conseguiu agradar. Sim, o visual está lindo, a performance está ótima, os monstros muito bem feitos, mas certas escolhas de design ofuscam quase tudo.

Não vamos estragar o game para quem ainda não o jogo com spoilers, mas basta saber que diversas áreas, puzzles e monstros foram simplesmente cortadas do remake. Não só isso, como alguns dos cenários que permaneceram, tiveram sua participação reduzida a quase nada. A campanha também ganhou uma forma linear que não encoraja a exploração, já que você se sente guiado o tempo todo.

Claro que outros lugares e monstros foram adicionados, mas a sensação de vazio não some tão fácil assim. Ainda mais porque a campanha é extremamente curta e pode ser terminada em apenas seis horas. Para completar, não há campanhas ou modos extras como em Resident Evil 2, então quando ver os créditos, dá até para desinstalar o jogo sem perder nada.

O jeito é a gente esperar que Leon Kennedy venha nos salvar com aquele remake de Resident Evil 4 que tantos rumores insistem em dizer que existe.

Marvel’s Avengers

Intel Marvel's Avengers Game Bundle

Considere os seguintes fatores: a Marvel acabou de finalizar o arco principal de seu universo cinematográfico com chave de ouro e a Insomniac Games lançou Marvel’s Spider-Man, um excelente jogo baseado no herói favorito da vizinhança. Com isso mente, você vê o anúncio de Marvel’s Avengers, um game que promete contar histórias fantásticas e te que deixará jogar como Thor, Homem de Ferro e o Capitão América, só para citar alguns do personagens.

Em teoria a ideia parecia maravilhosa, no trailer já tinha um visual um tanto estranho, mas nada que pudesse influenciar diretamente no gameplay. Só que então Marvel’s Avengers é lançado e logo nos primeiros minutos se nota que é mais uma grande decepção.

Além de uma história fraca e jogabilidade genérica, os visuais parecem ultrapassados já no dia de lançamento. Mesmo se a gente fosse ignorar isso para aproveitar o jogo sem compromisso, é difícil ignorar a quantidade de bugs e até problemas de performance em algumas plataformas.

Cyberpunk 2077 nos consoles

Papel de Parede Cyberpunk 2077 Hd - Papel de Parede Gratis

Se vamos falar de jogos que decepcionaram em 2020, não há como começar com algo além de Cyberpunk 2077. Ele não só era um dos jogos mais aguardados do ano, como os fãs da CD Projekt Red confiaram que a empresa entregaria tudo o que prometeu sobre o jogo devido à boa reputação que ela tinha.

Embora os jogadores de PC tenham notado alguns bugs bem chatos ou certos problemas de performance, os usuários de consoles como o PS4 e Xbox One simplesmente não conseguiram jogar o título de forma estável. A maior decepção de fato se encontra nessa versão do jogo.

O problema em volta de Cyberpunk 2077 nos consoles só piora quando levamos em consideração que a CDPR não forneceu cópias dessas plataformas para análise antes de seu lançamento. Isso foi visto como uma estratégia para enganar os consumidores e muitos dos antigos fãs da empresa.

Isso levou a milhares de jogadores a pedir reembolsos, o que levou a Sony a remover o jogo totalmente da PlayStation Store por tempo indefinido. Uma situação simplesmente desagradável e sem precedentes na indústria de jogos.

A única esperança é que a CDPR realmente se esforce em entregar o jogo que prometeram em todas as plataformas que ele está disponível, já que problemas à parte, ele é realmente um jogo bem divertido. De qualquer modo, o mais difícil certamente vai ser a CD Projekt Red recuperar a confiança dos fãs.

Gostaram? Para mais posts como esse acesse aqui.

- Advertisement -

- Advertisement -

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More